Eu by Gi

28 10 2010

Fiquei bonitinha, né?

Camila by Gislene Freitas

Camila by Gislene Freitas

Cabeçuda pakas. Amei! E para quem não conhece… #POB é isso aqui!

Anúncios




Amadurecendo idéias

27 10 2010

Tô ausente… mais uma vez. Eu sei.

Uma mistura de trabalho, aprendizado, freelas, ver o sol se pôr na praia, projetos, viagens, vida ortomolecular, reuniões, planos e muita, mas muita felicidade aqui dentro.

Não deixando de ser diferente de todos os tempos, coisas boas e coisas ruins. Novidades e decepções sempre estarão em nossas vidas. Mas, não sei por qual razão, estou otimista dessa vez. Uma transição para dar oportunidade a uma nova fase, uma fase de crescimento profissional, de aprendizado por todos os lados, de querer (e poder) abraçar o mundo.

No balanço final, a dosagem de felicidade está muito além. Tudo está se acertando da melhor maneira possível, o reconhecimento foi consequência, o esforço foi fato e enquanto eu ainda tiver o que aprender nessa vida, correrei atrás.

Amadurecendo idéias e abrindo os braços para o futuro.

E como diz uma ex-colega de trabalho que sabe como ninguém como harmonizar palavras em um contexto: “Novos ares afloram velhos pensamentos. Se renovar é mais difícil do que mudar!”

//





5º #POB

19 10 2010

E o 5º #POB chegou! Estaremos reunidos novamente no Bar Brahma, que nos recebeu muito bem no 3º #POB.

Então, coleguinhas de profissão… Vamos marcar presença e fazer acontecer… mais uma vez! Fora que, né? Um choppinho Brahma, quem nâo gosta?

Para confirmar presença, clique na imagem e preencha o formulário.

Para confirmar presença, clique na imagem e preencha o formulário.





4

15 10 2010

1.460 dias. Uma vida.

Um serzinho de 4 anos de idade. Já sabe falar, já sabe andar, já tem seu super-herói predileto, dança as músicas da televisão e entra na fase dos “porquês”.

Eles tem dentinhos, usam roupinhas lindas e fofas, insistem em dormir entre os pais, choram porque querem aquele cachorrinho, fazem xixi na cama quando os pesadelos se aproximam e adoram a vovó.

Suas mãozinhas cabem nas suas mãos, seus cabelos são fininhos e, na maioria das vezes, embaraçados. Eles choram quando você quer pentear, mas ficam fazendo poses no espelho quando estão arrumadinhos.

Eles querem a sandália que brilha no escuro, que pisca quando se pisa, que toca música da Xuxa, que vem com o óculos do Senninha ou a bolsa da Hello Kitty. Tudo rosinha ou azul bebê.

Eles deixam a casa perfumada, aquele cheirinho de talco, aqueles brinquedos espalhados pelo chão, aquela chupeta que caiu embaixo do armário da cozinha…Os pais babam, os avós querem levar para a casa. É um momento de aprendizado e descobertas.

Essa é a hora também de entrar na escolinha. Quem não se lembra do Pré I? As tias correndo atrás deles, a insistência para falar certo e não como bebê como se aprendeu com os pais. As merendinhas naquela mesa comprida e os eternos bancos de madeira. Eles sobem no trepa-trepa, ficam tontos no gira-gira, se jogam na piscina de areia, desmontam os castelinhos de peças coloridas, voltam e sobem as escadinhas e descem rindo e sujando toda a rouba do escorregador… o roupão do karatê e o collant do ballet estão encardidos.

Quem não quer essa vida aos 4 anos? Presente no dia de aniversário, no dia das crianças, no dia que o primeiro dentinho caiu, no dia que vai precisar daquela vacina dolorida, no Natal, na Páscoa, nas visitas de amigos… e é quando se sabe que o nosso maior presente de todos os dias é a presença dele (s).

É momento de gritar, de falar errado, de distribuir carinho, de fazer papinha pra boneca, de levar altos pontos e levantar como se nada tivesse acontecido. É hora de pular na cama sem parar até levar bronca da mãe, de levar o cachorro pra brincar no quintal, de colecionar carrinhos do Hot Wheels, de ganhar a primeira bicicleta e de aprender a falar “por favor” e “obrigado”.

Eles se desenvolvem, crescem, se tornam nossos eternos amores… a sensação de que serão para sempre nossos bebês nunca conseguirá sair daqui. Essa é a idade dos que venceram muita coisa na vida já, mas ainda estão apenas começando.

4 anos muda tanta coisa em uma vida… 4 anos é uma nova vida.

Eu me sinto como se estivesse saído agora a pouco daquela sorveteria e ainda ouço um barulho baixinho do seu carro, acho que é  “Cannonball” do Damien Rice.

Ah, nossos 4 anos… Feliz nosso dia, meu amoUr!

Mais um aniversário sendo comemorado com as nossas loucuras e semelhanças. Vamos, que a banda está próxima ao mar e nos espera para tocar a nossa música, no nosso dia, meu último romance.





A nossa história ao som de Los Hermanos

11 10 2010

4 dias para os meus 4 anos de namoro e 6 dias para o segundo show da mini-turnê de Los Hermanos. No SWU não rolou, mas na Concha Acústica em Salvador-BA vai rolar! Não vejo a hora.

Assisti todo o show do SWU via Multishow e a NOSSA música estava no repertório também.

Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante no Festival SWU

Marcelo Camelo e Rodrigo Amarante no Festival SWU

“Além do que se vê”, “Todo Carnaval Tem Seu Fim”, “Vencedor”, “Cara Estranho”, “O Vento” e “Sentimental” também estavam entre as músicas mais aplaudidas e cantadas pelo público. As impressões da banda estão AQUI, na coluna do Bruno Medina no G1.

Os dois dançaram o show inteiro!

Os dois dançaram o show inteiro!

Para me deixar ainda mais empolgada com todo esse buzz do Los Hermanos, o site BIS E LOS HERMANOS publicou nesse fim de semana a minha história com o Tiago.

Clique na imagem para ver o Post

Clique na imagem para ver o Post

É ou não é para eu estar feliz?





Los Hermanos de volta, a missão.

6 10 2010

Sim, além de confirmar Recife e Salvador… confirmou Itu-SP, no SWU. Pensa em uma pessoa desesperada querendo ir em todos os shows! Essa sou EU.

Escolhemos (eu e meu respectivo) o de Salvador, no dia 17. Dia 15 de Outubro comemoraremos 4 anos de namoro e demos um jeito de correr para comprar os convites e, apesar de toda a correria e os poucos minutos de venda, conseguimos comprá-los… e em duplicidade!!! hahaha

Tô adorando toda essa divulgação para essa mini-turnê.

Fizeram um blog onde as pessoas podem escolher as principais músicas tocadas em cada show, podem enviar histórias relacionadas à banda e saber novidades sobre os shows, bem como conferir fotos dos ensaios.

As músicas escolhidas para cada show:

Recife:

Salvador:

Também existe um Twitter com curiosidades, músicas ensaiadas, eventos relacionados à mini-turnê e “dúvidas” de fãs.

A Rádio Transamérica de Recife acabou de fazer um Especial Bis e Los Hermanos, com as músicas mais pedidas pelos fãs via Twitter. E tchan, tchan, tchan… “O último romance” tocou!

Algumas fotos do primeiro ensaio da banda para a mini-turnê (05/10/2010) depois de tanto tempo separados:

E você acha então que não estou contando os dias? As horas? Os minutos para esse show?

E torcendo para que essa mini-turnê seja tão boa para a banda… que eles resolvam voltar!

Ansiosa.





1 ANO DE CADRIANE.WORDPRESS

1 10 2010

No mês que se encerrou ontem o cadriane.wordpress.com fez 1 ANINHO!

Tudo começou em 2000, no “Tipo Assim” (que era um CJB.NET de alunos do Colégio Santa Escolástica) e eu escrevia sobre eventos e baladas de Sorocaba e Região. Estava na 8ª série e comecei a mexer nos HTML da vida, logo fiquei responsável pelo site. Éramos uns 8 colunistas e lembro-me que o mural vivia cheio de comentários dos alunos e até uns “anônimos”. Isso deu muito pano pra manga, fui parar até na diretoria! Durou até o final do 3º colegial.

Ainda nessa época, a galera do Rebentando me chamou para escrever lá, mas vi que era mais brincadeiras do que outra coisa. Entrei agora para ver se ainda existia e me deparei com uma foto minha de cabelo roxo, ou seja, faz muito tempo mesmo! Meados de 2003… e logo surgiu a necessidade de ter meu próprio Blog.

Em 2002 rolavam aqueles “clãns” de amigos no ICQ, onde um grupo de amigos possuia o mesmo nick… Enfim, se vc é dessa época, já está bem tiozinho. Eu participei das “Sweet Bees” e das 4B’s, podem rir. Depois meu nick virou “Lady Mimadinha”, o que era o tema do meu primeiro blog. Começou com histórias minhas: uma adolescente iniciando seu primeiro namoro, filha única e de pais separadados (eles voltaram um 2 meses após o início do blog)  e “criada” em um cloégio de freiras. Transformou-se em um diário e eu fui desistindo dele à medida em que fui amadurecendo, depois que entrei na faculdade, atualizava com pouca frequência. O Layout rosa, a foto patética e o remix de Satisfaction do Benny Benassi e aquela musica daquela banda que só tem clipes vermelhos (?).

Em 2004 migrei para um blog que não era divulgado, não sei a razão, mas eu não escrevia para ninguém ler, escrevia para mim. Era o Estranha e Só, uma mistura de devaneios e brisas com o meu dia-a-dia.

Então há um ano decidi largar o meu emprego e levar a sério a minha graduação e, principalmente, o término da pós-graduação e, consequentemente, a minha monografia. Trabalhava em uma empresa de médio porte que possuia uma agência de publicidade e não me dava chance para aplicar o meu conhecimento. Larguei tudo e fui estudar mais. Nessa decidi iniciar o blog no wordpress, para falar inicialmente só de marketing e redes sociais.

Acabou nisso aqui! 12 meses de blog.

Assuntos como: congressos de nerds, mídias sociais, ética publicitária,  cases de sucesso, SEO, história da internet, posicionamento de marcas, sustentabilidade, doação de sangue e medula óssea, blecaute de Itaipu, Madonna em Sorocaba, consumidor 2.0, Black Friday na Apple Store, Spyzer Project, realidade aumentada, músicas, gastronomia, conquistas profissionais, psicologia do consumidor, marketing digital, ISO 14000, propaganda enganosa, nerdiossexualismo, dia da mulher, a arte de emagrecer, presentes criativos, combate ao câncer, tecnologia, H1N1 Copa 2010, vigilância sanitária, monografia, bares de Sorocaba, reforma da Av. Dom Aguirre, #POB, eleições na internet… até desabafos do meu dia-a-dia.

Foram 112 posts nesses 12 meses. Dia após dia escrevendo para o desenvolvimento desse blog. Acima de tudo, o meu objetivo era aprender mais a cada dia e aprendi muito. Hoje já estou trabalhando na minha área, continuo fuçando em tudo e descobrindo novidades da minha profissão a cada dia. E o blog está me acompanhando nessa realização e crescimento profissional: Outubro de 2009 o blog teve uma média de 7 visitas ao dia, hoje são mais de 110 visitas por dia. É pouquinho, mas estou imensamente feliz com o primeiro aninho. E motivada a continuar. Querendo ou não, é também o meu primeiro aninho oficial nessa profissão.

E, a todo mundo que passou por aqui, que acrescentou algo de alguma maneira, que colaborou, que comentou, que divulgou, que leu, que debateu… meus sinceros agradecimentos.








%d blogueiros gostam disto: