Rock in Rio 2011

27 01 2011

Veja bem…

No ano em que nasci, o tio Roberto Medina conseguiu arrastar mais de 1 milhão de pessoas para os 10 dias de Rock in Rio. Contou com a presença do Queen, Kid Abelha, Iron Maiden, Rita Lee,  Ozzy Osbourne, Paralamas do Sucesso, Scorpions, Lulu Santos, White Snake e Barão Vermelho.

6 anos depois teve a presença de 700 mil pessoas em 9 dias de evento, entre as atrações estavam: A-HA, Billy Idol, Capital Inicial, Faith No More, Ed Motta, Engenheiros do Hawaii, George Michael, Gilberto Gil, Lobão, Nenhum de nós, Guns N’Roses, Roupa NOva, INXS, Sepultura, Judas Priest, Titãs, Megadeth, New Kids on the Block, Prince, Santana e até o Supla!!!

Daria até pra se pensar…

Há dez anos tivemos o último Rock in Rio no Brasil, onde 1.235.000 pessoas curtiram 160 bandas, como Dave Mathews Band, Deftones, Barão Vermelho, Foo Fighters, Capital Inicial, Guns N’ Roses, Cássia Eller, Engenheiros do Hawaii, Fernanda Abreu, Ira, Ultraje a Rigor, Iron Maiden, Oasis, Kid Abelha, Queens of The Stone Age, Pato Fu, Red Hot Chili Pepers, REM, Sheryl Crow, Pavilhão 9 e Silver Chair. Não esquecendo a presença de Aaron Carter, Britney Spears, Sandy & Junior e mais meia dúzia de porcarias que mostram, talvez, a razão de estarmos há tanto tempo sem mais uma edição.

Mas o meu namorado quer que eu desembolse duzentinha $$ (no mínimo, já que os 100 mil ingressos promocionais por R$ 190,00 já estão esgotados desde o ano passado)  para ver, no mesmo dia – dois pontos – Claudinha Leite cantando “Safado! Cachorro! Sem-vergonha! Eu dou duro o dia inteiro. E você colchão e fronha e, logo após, entra Elton John cantando aquela música de colação de grau: “I hope you don’t mind, I hope you don’t mind that I put down in words

Ah, senhor dos anéis, vamos aguardar as próximas atrações. Nada de The Kooks, The Killers, The Jezabels, Sabonetes, The Name, Lifehouse, Pato Fu, Seu Jorge, Jason Mraz e Los Hermanos por enquanto? Nem para Red Hot, Capital Inicial e Coldplay se apresentarem no mesmo dia!

Já imagino até as próximas atrações: Luan Santana, Justin Bieber, Jorge e Mateus, Restart, Ivete Sangalo, Aline Barros, Belo, Victor e Leo, Lady Gaga e Beyoncé.

Tá, pronto, parei.

Anúncios




A PROPAGANDA ENGANOSA DO SUBMARINO.COM.BR

26 08 2010

Eis que surge o seguinte e-mail marketing na minha caixa de e-mail hoje:

E pensei: “QUE MASSA, BOX DO FRIENDS COM 10 TEMPORADAS POR R$ 39.00 NO SUBMARINO!!! VOU COMPRAR!”

Loguei no meu usuário, cliquei no email marketing do Submarino e caiu NESSA PÁGINA, onde você encontra o box SIM, mas por outro preço. Ainda ingênua, pensei: “Vou fazer todo o processo de compra e na hora de finalizar, eles irão identificar que a minha compra veio de um E-MAIL PROMOCIONAL e transformarão no valor QUE A PROPAGANDA OFERECE: R$ 39.00“.

Cheguei na conclusão da compra e esse produto em questão ESTAVA POR R$ 299.00, como você PODE CONFERIR AQUI nesse link ou aqui embaixo:

Entrei em contato no CHAT ONLINE e um tal de RONEY SANTOS me atendeu. Expliquei toda a situação a ele. O mesmo disse que o valor do BOX era de R$ 299,00. Eu disse que ERA EXATAMENTE POR ISSO que eu havia entrado no chat e queria a ajuda dele, já que a propaganda do Submarino que chegou no meu e-mail foi a que venderiam o produto hoje por R$ 39,00 e apenas por e-mail.

O atendente desligou na minha cara. Mandei e-mail para o setor de relacionamentos e para o setor de compras do SUBMARINO.COM.BR dizendo que eu sabia dos meus direitos e queria comprar o produto pelo valor que me foi oferecido. E uma Debora Lourdes Pereira, que se intitulava como “Analista de Relacionamento” do e-commerce respondeu assim:

“O valor vigente é o do carrinho de compras”.

Veja bem, O ERRO FOI DE VOCÊS e eu esperava que vocês assumissem essa culpa e efetuassem a compra para não perderem clientes (já que não fui a única que recebeu esse e-mail marketing com “OFERTAS”) e não queimassem o filme de vocês.

Comentei esse acontecido de hoje com dois amigos e os mesmos confirmaram que o Submarino sempre faz essas coisas… Que moral que vocês estão, hein?

Boas vendas aí. Eu, depois dessa, fui pro concorrente.

_______________________________________________

RESPOSTA FINAL DO SUBMARINO.COM.BR SOBRE ANUNCIAREM UM PRODUTO POR R$ 39.00 E VENDEREM O MESMO PRODUTO POR, NO MÍNIMO, R$ 299.00:


Prezada Camila  ;

Em atenção ao seu contato, informamos que nossas promoções possuem regulamentos, os quais são enviados no corpo do e-mail promocional ou são disponibilizados nos links. Caso os procedimentos da promoção sejam seguidos, os clientes que têm acesso a estas promoções podem receber descontos, fazendo com que recebam vantagens sobre o valor praticado no site.

Porém esclarecemos que, caso uma promoção tenha restrição de prazo e/ou quantidade de peças, o produto pode voltar a ser comercializado no valor normal do site, uma vez que caracteriza-se assim o término da promoção, de acordo com o regulamento.

Ressalto que caso no ato da compra haja divergência de valores, o preço válido é sempre do carrinho de compras.

Atenciosamente

Enio Santos
Analista / Relacionamento
Tel: (11) 34543002 ramal 40460
segunda a sábado das 08:00hs às 14:00hs
Relacionamento Submarino
www.submarino.com.br

Ou seja, Submarino tentando fazer cliente de trouxa, insinuando que aquilo que recebi não era mais promoção no momento em que finalizei a compra, ou seja, exatamente 8 minutos após o recebimento na minha caixas de entrada. Enfim, Procon serve para essas coisas, não?





ELEIÇÕES 2010 E REDES SOCIAIS

1 08 2010

Isso vai dar certo?

Como eleitor… acho ótimo! Teremos acesso a informações sobre quem é, o que faz e principais objetivos. Vídeos e fotos mostrando a verdade, o que foi feito, o que não ficou apenas no papel. Questões sendo respondidas, gerando debates e esclarecendo muita coisa.

Como estrategista acho que as mídias sociais aqui no Brasil ainda são imaturas. Para se achar um profissional nesse segmento, precisa entender o que faz. Entender o cliente, entender o mercado e, principalmente, entender as ferramentas que estão trabalhando em paralelo. Mas vejo que qualquer sobrinho do proprietário da empresa está cuidando da sua conta nas redes sociais, sem ao menos saber interagir com o público, gerar conteúdo ou mensurar os resultados do que anda aplicando.

Os políticos estão nessa vibe também. Ou pagam (e muito bem) para uma pessoa fazer o seu papel nas redes sociais (sem saber ao menos o que se está sendo falado sobre a sua pessoa), gerar um conteúdo que ele manda e nem sabe a razão de estarem trabalhando aquilo… ou usam eles mesmos a ferramenta, sem qualquer treinamento, sem saber o enorme estrago que podem causar. Não querem interagir, não estão preparados para os comentários negativos, para responder os cidadãos, nem sabem como funciona cada ferramentinha inclusa ali dentro.

Cadê o planejamento, a interatividade, o conteúdo útil, a preparação?

Não adianta querer copiar a campanha de Barack Obama, a cultura de participação dos americanos é diferente da cultura dos usuários daqui. Qualquer deslize de 140 caracteres pode afundar uma campanha de meses, pode denegrir uma imagem relativamente aceitável que o político conseguiu construir durante anos.

Pelo que estou acompanhando, os candidatos estão participando das redes sociais nessas eleições só para falarem que possuem esse diferencial, para falarem que conseguem atingir mais pessoas, que estão usando da tecnologia e blá, blá, blá… Mas esquecem de começar esse ‘capítulo’ em sua campanha com antecipação, para irem cativando as pessoas, gerando conteúdo positivo, dando motivos para seguirem o seu perfil e conseguirem um número de seguidores para valer a pena toda aquela manifestação digital. Em 3 meses de campanha na internet é quase impossível persuadir o eleitor, provar que você pode fazer muita coisa considerável, fazê-lo entender que vale a pena aquele voto.

Eles esquecem que o internauta de hoje só lê e participa do que quer…

Li um post deveras engraçado no Blog do Marketeiro Rodrigues que dizia assim: “No início do ano fiz algumas previsões sobre o que aconteceria em algumas áreas relacionadas à política. (…) Previ que os candidatos a cargos públicos iriam até jogam Colheita Feliz para fazer a média com o povo, mas os presidenciáveis Serra e Dilma foram além: dançaram Rebolation no carnaval de Salvador”. Completando a idéia, o Blogcitário postou: “Espero que surjam idéias tão inovadoras quanto o Yes, we can. Desde que elas não sejam um mero retweet do sucesso norte americano”.

Esse post foi meio turbulento, sem uma direção, acabei de acordar, pô! Fiquei pensando nesse assunto porque 2 candidatos me fizeram propostas para cuidar das redes sociais deles, não aceitei e passei esse freela para outros colegas de profissão, também não aceitaram. Isso quer dizer alguma coisa, né? Dei também uma entrevista para o ‘Revista de Sábado’, da Tv Tem expondo tudo isso também, ainda não foi ao ar. Mas deu pra sacar que eu não sou muito a favor dessa manifestação hoje. Espero que isso tudo sirva de ‘laboratório’ para as pessoas planejarem com antecedência, serem criativos e inovadores, mobilizarem as pessoas em torno de uma causa, gerarem discussões em torno das propostas políticas, não se limitarem às mídias sociais, não gerarem spam, não atacarem os concorrentes e, principalmente, espero que nas próximas campanhas políticas na internet, esse povo aprenda a monitorar, pesquisar, acompanhar, interagir e não ter medo de responder o internauta.

Como são mais de 50 milhões de pessoas usando a internet hoje no país e, um pouco menos da metade é formada por eleitores, ainda não me conformei depois que vi tanta baboseira sendo produzida para campanhas políticas em 2010.

Fora que, não adianta atirar pedras nos políticos apenas, a maioria dos twitteiros é o jovem que cresceu com a vida web. O perfil desses jovens ou é extremamente avesso à política, provocando ofensas, brincadeiras de mau gosto e até mentiras sobre o candidato que não gosta OU o jovem leva muito a sério a política e defende fielmente os objetivos do seu candidato, tornando-se massante e causando a revolta dos seus seguidores, por muitas vezes. É como religião, gosto musical, opções futebolísticas… quem não gosta vai contra, gera um buzz inconsequente e pode até criar um viral negativo, o que pode levar ao fim de uma campanha que tinha tudo para dar certo.

A entrevista que dei ao programa Revista de Sábado, da TV Tem, está AQUI.

Eleições 2010 nas Redes Sociais por Camila Adriane, Vitor Bellote e Julio César

Ah, candidatos. Se não sabem brincar, não desçam no play! #ficaadica





Nestlé, nada justifica. Da saga:Nestlé Fast – Alpino, parte II, a missão.

13 05 2010

Palavras do CCSP e Folha Online em 12/05:

“A Nestlé está na mira do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), do Ministério Público e de órgãos de defesa do consumidor, por conta de seu Alpino Fast, versão para beber do famoso bombom da marca.

O problema apontado pelos críticos é que o produto – que leva o nome do chocolate, tem embalagem dourada como a da sua versão sólida e inclusive uma imagem do bombom – não contém Alpino, o que induz o consumidor ao erro. 

A empresa se defende com uma inscrição na embalagem. Em letras miúdas, o aviso diz: “Não contém chocolate Alpino“.

A informação, porém, não está nos anúncios da bebida, lançada há três meses.

A Promotoria de Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro estuda entrar com ação na Justiça contra a Nestlé ou obrigar a empresa a mudar a embalagem e/ou a composição.

De acordo com o promotor Júlio Machado, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, ligado ao Ministério da Justiça, abriu procedimento sobre o tema.

Já o Conar abriu representação para apurar eventual erro na publicidade do produto. Ainda não há data para o julgamento ocorrer. Se condenada, a Nestlé terá de modificar a embalagem.

A Nestlé disse que o Alpino Fast é feito com ingredientes que lhe conferem “sabor similar” ao do chocolate Alpino.

Não foi possível, porém, criar uma bebida que fosse exatamente a versão derretida do Alpino, em razão de os produtos terem “processos produtivos diferentes“, disse a empresa.

Segundo a Nestlé, o Alpino Fast foi aprovado em pesquisa feita entre 2008 e 2009 com consumidores frequentes do bombom.”

____________________________________________

Palavras do CCSP e resposta da Nestlé:

A Nestlé enviou comunicado à imprensa para se posicionar sobre o Alpino Fast, versão para beber do bombom da marca, que chamou a atenção do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), do Ministério Público e de órgãos de defesa do consumidor por conta de uma frase que vinha estampada em sua embalagem: “Não contém chocolate Alpino” .

A companhia explica que incluiu as frases “Este produto não contém Chocolate Alpino” e “Imagem meramente ilustrativa para referência de sabor” nas embalagens porque queria “evitar que os consumidores pudessem vir a acreditar que encontrariam Chocolate Alpino derretido, ou pedaços do Chocolate Alpino no produto”. A medida teria sido um “excesso de zelo” pelo consumidor, segundo a Nestlé.

A empresa ainda destaca que decidiu retirar as frases da embalagem, já que, “em vez de esclarecer, acabaram gerando dúvidas.”

Confira abaixo o comunicado enviado pela empresa, na íntegra:

– O Alpino Fast tem, sim, em sua composição, além de outros ingredientes, a mesma massa do Chocolate Alpino. O sabor do Chocolate Alpino no produto Alpino Fast foi reconhecido por 92% dos consumidores entrevistados pelo Instituto Ipsos, antes do lançamento do produto;

– A Nestlé, visando evitar que os consumidores pudessem vir a acreditar que encontrariam o mesmo Chocolate Alpino derretido, ou pedaços do Chocolate Alpino no produto, decidiu incluir as frases ‘este produto não contém Chocolate Alpino’ e ‘imagem meramente ilustrativa para referência de sabor’, que estão gerando controvérsia, mais que esclarecimento. Não há dúvida de que houve excesso de zelo por parte da Nestlé. O objetivo das mensagens foi o de garantir a transparência da comunicação com o consumidor;

– Tendo em vista que as frases, em vez de esclarecer, acabaram gerando dúvidas, a Nestlé decidiu retirá-las da embalagem.

Portanto, a Nestlé, com 90 anos de Brasil, em nenhum momento lesou seus consumidores ou descumpriu quaisquer dispositivos legais vigentes, em especial o Código de Defesa do Consumidor, uma vez que a identificação do produto Alpino Fast com a sua marca está perfeitamente adequada sob o ponto de vista técnico e sensorial.

Só para dar continuação ao meu POST sobre quando lançaram o produto ‘fake’… que, para variar, eu reclamei rios.





SITUAÇÃO LAMENTÁVEL | RAGAZZO – SOROCABA/SP

11 05 2010

Como se já não bastasse a última história do Habib’s… Entro hoje no Ragazzo e me deparo com uma porquisse sem tamanho. Bom, vou te explicar…

A rede de restaurantes italianos Ragazzo possui uma franquia em Sorocaba/SP no bairro Campolim. Como a comida é barata, na hora do almoço e jantar vive cheio… Eu, particularmente, costumo ir na recepção, fazer meu pedido, pegar com embalagem de viagem e comer em casa ou na agência em que trabalho.

Hoje foi um desses dias, após o expediente fui com um colega de trabalho buscar uns salgadinhos. Eram umas 12 pessoas esperando seus quitutes. Fiquei esperando em frente ao balcão que conta com uma janela para a cozinha, onde os cozinheiros colocam os pedidos embalados em uma caixinha de papelão.

A cena deprimente que vi foi a seguinte:

A mocinha do caixa perguntava o que as pessoas queriam, tirava os pedidos, pegava o dinheiro e colocava na gaveta, pegava moedas da gaveta e voltava troco ou pegava cartão e passava na máquina. Tirava a notinha para o cliente e outra via ela deixava no balcão da cozinha, onde os cozinheiros chegavam o que deveria ser feito para o cliente.

Aí o cozinheiro colocava os salgados na embalagem de papelão E COLOCAVA A NOTINHA FISCAL JUNTO COM OS SALGADOS, fechava a caixa e deixava no balcão.

Então a moça do caixa, que pega em dinheiro, moedas, cartões e notas fiscais, ENFIOU A MÃO SUJA DENTRO DA CAIXA DO MEU PEDIDO E PEGOU O PAPEL ENTUPIDO DE BACTÉRIAS QUE ESTAVA NO MEIO DA COMIDA QUE EU IA COMER A SEGUIR. Fiquei observando e ela fez isso EM TODOS OS PEDIDOS das pessoas que estavam lá.

Não contente com essa atitude sem qualquer higiene, perguntei à moça da recepção: “Vem cá, você pega no dinheiro, no papel do pedido, depois eles enfiam esse papel dentro da embalagem com o que eu vou comer e você enfia a mão sem luvas lá e contamina ainda mais os salgados pra conferir meu pedido?” e ela, na maior cara de pau do mundo, fez cara de paisagem e disse “sim, nós guardamos o papel do pedido dentro da caixa com os salgados, é nosso procedimento”.

Será que a vigilância sanitária nunca passou lá? Ninguém nunca viu esse procedimento porco que eles fazem com a nossa comida?

Para quem não sabe, as notas de dinheiro, as moedas e os cartões possuem vários tipos de bactérias que podem provocar desde infecções intestinais, infecções alimentares,  até pneumonia. Uma só nota pode apresentar até 60 tipos diferentes de bactérias, que, aliada à falta de higiene, contaminam as mãos de quem as manuseia e por aí ai.

As únicas formas que poderiam ser usadas para os meus salgados não serem contaminados seriam: lavar bem as mãos ou usar luvas… o que os funcionários do RAGAZZO não fazem.

Não sei como os jornais da região (Jornal Bom Dia, Jornal Cruzeiro, Jornal Ipanema e Jornal Diário de Sorocaba) nunca fizeram uma matéria alertando os Sorocabanos. Tá aí uma sugestão.

Meu amigos proprietários do Ragazzo e Habib’s que me desculpem, mas falta comprometimento, respeito e até higiene com seus consumidores, não concordam?

E quando esse tipo de coisa acontecer aqui na nossa cidade,não perca tempo.

Vigilância Sanitária de Sorocaba: (15) 3234-2191





Jogadores convocados para a copa de 2010 – Seleção brasileira

11 05 2010

oi, eu não quero saber da lista de jogadores convocados para a copa de 2010 da Seleção Brasileira.

A copa nem começou e eu já cansei…

Chega de ouvir as baboseiras do Dunga.

Agora, só pra você não perder a viagem:

Goleiros

Júlio César (Internazionale-ITA)

Doni (Roma-ITA)

Gomes (Tottenham-ING)

Laterais

Maicon (Internazionale-ITA)

Daniel Alves (Barcelona-ESP)

Michel Bastos (Lyon-FRA)

Gilberto (Cruzeiro)

Zagueiros

Lúcio (Internazionale-ITA)

Juan (Roma-ITA)

Luisão (Benfica-POR)

Thiago Silva (Milan-ITA)

Meio-campistas

Gilberto Silva (Panathinaikos-GRE)

Felipe Melo (Juventus-ITA)

Josué (Wolfsburg-ALE)

Elano (Galatasaray-TUR)

Ramires (Benfica-POR)

Júlio Baptista (Roma-ITA)

Kaká (Real Madrid-ESP)

Kléberson (Flamengo)

Atacantes

Luís Fabiano (Sevilla-ESP)

Nilmar (Villarreal-ESP)

Grafite (Wolfsburg-ALE)

Robinho (Santos)





RESPOSTA DA NESTLÉ AO CASO ALPINO FAST

2 03 2010

Confira na íntegra a resposta que a Assessoria da Nestlé deu ao Blog “Coma com os olhos” sobre o post Alpino Fast (referente ao post anterior)

COMA COM OS OLHOS

É o fim. Só sei que retiraram o produto Alpino Fast das prateleiras das  Lojas Americanas e do hipermercado Wal Mart.

É Nestlé, mandou mal.








%d blogueiros gostam disto: